• Open Hours: Mon - Fri 09.00 - 16.00
  • Call Us : +267 390 0204

Acordo de Diamantes Angolanos da Safdico é reconhecido no Botswana como o ponto de viragem de 2021

Acordo de Diamantes Angolanos da Safdico é reconhecido no Botswana como o ponto de viragem de 2021

Um Acordo da empresa local de corte e polimento de diamantes Safdico para comprar e processar diamantes da Lucapa Diamond Company em Angola foi considerado como um dos “pontos de viragem” de 2021 por renomados especialistas do sector, ligados a Rapaport.

Em 2020, a proprietária da DeBeers, Safdico, celebrou um Acordo com a mineradora de diamantes, Lucapa Diamond Company que está em rápido crescimento, a fim de adquirir até 60% da produção anual dessa empresa na sua mina angolana.

Relativamente ao acordo, a Safdico compra, corta e faz o polimento de uma parte da produção da Mina Lulo,com os dois parceiros a repartirem os lucros da eventual venda das pedras. O Acordo é importante, considerando que marcou a estreia de uma empresa de corte e comércio de diamantes fora do grupo DeBeers no fornecimento do referido minério fora do Botswana.

No seu boletim ‘Diamond Person of The Year 2021’, lançado recentemente, a Rapaport diz que o Acordo Safdico foi um dos eventos marcantes do ano, pois a indústria, então gravemente atingida pela pandemia, busca inovação para corresponder às tendências em evolução na produção de diamantes.

“Houve esforços notáveis e mudanças na maneira como os diamantes brutos foram vendidos em 2021, todavia, há um longo caminho pela frente a esse  respeito, pois quebrar a tradição leva tempo. O Acordo entre a Lucapa Diamond Company e a Safdico introduziu uma nova vida na abordagem dos negócios no sector”, escreveu o analista de diamantes Rapaport, Avi Krawitz.

Angola, considerada como um dos locais crescentes de África para exploração de diamantes, só recentemente permitiu que as suas minas encontrassem os seus próprios mercados de polimento e comércio e o Acordo Safdico sublinha o esforço do Botswana para ser o centro das actividades de diamantes em África.

O convénio Safdico culminou com a visita de uma delegação angolana, liderada pela Embaixadora de Angola no Botswana, Sua Excelência Beatriz Antónia Manuel de Morais, à fábrica de diamantes da Safdico localizada no centro de diamantes de última geração, o Diamond Technology Park (DTP). O DTP está situado ao longo da Airport Road e alguns dos diamantes da Mina Lulo daquele país (Angola) têm sido polidos neste local.

“Nos sentimos honrados com o reconhecimento dos esforços visionários da nossa empresa para mudar a maneira como fazemos negócios”, disse Rutang Moses, Directora Administrativa da Safdico International (Botswana). “As empresas de diamantes estão a começar a pensar de maneira inovadora e criativa, além dos padrões convencionais e a procurar novas fontes de fornecimento regular de diamantes.”

Para mitigar a pandemia, a DeBeers também mudou a sua abordagem aos negócios, pois continua a atenuar as condições comerciais com os períodos de venda, conhecidos como pontos turísticos, estendidos além dasua duração normal de uma semana. A empresa também ofereceu visualizações noutros locais fora do Botswana.

 

Fonte: Jornal Mmegi